moda

Moda | The Talks

A minha paixão pela moda despertou desde muito cedo. Provavelmente por inspiração da minha mãe, que será sempre a minha fashionista de eleição, sempre olhei para a roupa como uma forma de me expressar: quem sou, quem quero ser. As minhas avós percebem muito de costura – uma delas foi costureira de profissão, inclusive – e têm máquinas de costura cujos sons conheço de cor. A minha avó adora contar uma história sobre um desenho que fiz na primária, de uma menina, em que pintei os sapatos da mesma cor da blusa e disse para a professora: “tem de condizer”. Desde pequena, sou rodeada de simples momentos que me fizeram apaixonar pela moda – e é esta a arte que me define.

À medida que fui crescendo, comecei a olhar para a moda como uma área que queria conhecer como uma profissional. Ler, escrever e conversar sobre moda é algo que me fascina imenso e não imagino o dia em que não o fará. Com o tempo, tenho vindo a procurar descobrir mais sobre a indústria em si – desde as histórias por detrás de peças mais icónicas aos maiores nomes deste ramo. Esta curiosidade levou-me a um espaço online de entrevistas que me tem introduzido a grandes figuras do mundo das artes: The Talks. Descobri o website, instalei a aplicação e passei a meia hora seguinte concentrada a ler, desde Valentino à minha ultimate favorite Alicia Vikander.

Estão disponíveis diversas entrevistas a grandes nomes da indústria da moda, do cinema, da música, da literatura, entre outras. Sou muito curiosa pelas histórias por detrás da/o estilista, da coleção, da marca em si, e este website tem-me dado a oportunidade de conhecer melhor algumas figuras importantes, nas suas próprias palavras. Um dos meus grandes sonhos é, um dia, reconhecer os nomes mais importantes da história da moda e ser uma verdadeira entendedora da própria indústria, desde as melhores criações a todas as outras questões relacionadas com esta minha grande paixão.

Gosto igualmente da Interview Magazine, também para descobrir mais sobre indústrias fora do âmbito da moda. Lembro-me de que, durante o ano em que estudei Jornalismo, o que mais me fascinava eram as entrevistas: uma conversa que pode tornar-se leve e espontânea, inspirando verdadeiramente quem lê.

Ler e escrever sobre moda serão sempre duas paixões, tão grandes como a de apreciar uma boa peça de roupa. A moda faz-me reconhecer que nunca saberei tudo sobre ela, e por isso olho-a com a maior leveza e, simultaneamente, o maior respeito. Sugiro a leitura de uma entrevista do The Talks ou da Interview Magazine, de quem mais interesse vos despertar. Quem alinha?

Inês Nobre
Um blog sobre muito do que melhor me define, que une as minhas formas prediletas de me expressar: a moda e a escrita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *