pessoal

Para 2020

Parece-me que, à semelhança do meu resumo de 2019, pode ser tarde para escrever sobre as minhas expectativas para este ano que começou há mais de duas semanas. No entanto, sinto que os meus planos para este recomeço de ano – e de década! – acabaram por ganhar mais forma nas semanas seguintes à passagem de ano em si. Adoro toda a magia de dezembro – especialmente a natalícia – mas confesso que gosto muito também de quando o ambiente acalma e as pessoas regressam às suas rotinas. E 2020 será muito sobre isso – sobre regressar às minhas.

Primeiro, decidi olhar para as minhas resoluções do ano passado para perceber quais as que ficaram por cumprir. Depois, dediquei um tempo para, calmamente, pensar em todas as áreas da minha vida – saúde, família, relações, trabalho, estudos, hobbies. Lembro-me da primeira vez que fiz uma introspeção deste género, num dos verões da casa da minha infância, em que visualizei tudo o que me rodeava – o que tinha de bom, de menos bom, de manter, de melhorar. Desde então, de vez em quando, gosto de me situar no tempo e no espaço, para perceber onde estou e para onde quero ir. Este ano, todo este processo coincidiu com a chegada de 2020. Depois deste bocadinho de mim para mim, comecei então a escrever o que espero dos próximos doze meses.

Posso partilhar convosco que vou fazer os meus possíveis para 2020 ser um ano de reencontro, de dedicação e de calma. Para começar, quero (e preciso de) regressar às minhas pequenas rotinas, que tornam os meus dias muito melhores – fazer uma caminhada pela manhã, beber um chá antes de me deitar, ler um livro antes de dormir, fazer exercício diariamente, entre muitas outras coisas que me fazem mesmo bem. Será este o meu principal foco em 2020 – reencontrar-me com todos estes pequenos, simples momentos de que me deixei esquecer no ano passado.

Paralelamente, quero muito dedicar-me mais à minha vida – um bocadinho no seguimento da frase wherever you are, be all there, sabem? Ser mais dedicada e estar mais presente são duas grandes resoluções para 2020 – com a família, com o namorado e amigas(os), nos estudos, nos hobbies. No fundo, gostava que este ano passasse devagar, com serenidade, com consciência. Há dois anos fiz o The Happiness Project, que me deu essa perceção dos meses, das estações, das diferentes épocas por que passamos ao longo de um ano; este ano gostava de regressar a essa plenitude de me conseguir localizar no aqui e no agora.

Para além de tudo o que escrevi acima, deixo-vos então algumas resoluções (das minhas preferidas!) para este ano:
– fazer mais viagens com o Bryan
– publicar no blog todas as semanas
– ser mais espontânea nas redes sociais
– passar menos de 30 minutos diários nas redes sociais
– controlar melhor o meu dinheiro
– ler mais livros

E é isto! Digam-me: quem desse lado também gosta de escrever resoluções para cada ano? E quem não liga nenhuma a estas coisas?

Para a próxima semana vou começar um novo tema aqui no blog. Confesso que ainda estou meio receosa pelo caminho que será entrar nesse campo, mas espero que consiga acrescentar um pouco mais de mim a este meu cantinho. Temos encontro marcado?

Inês Nobre
Um blog sobre o que mais me apaixona, como melhor me sei expressar - pela moda e pela escrita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *